Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

O champô deve ou não conter silicones?

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 17/02/2017 Vânia Marinho
© Fornecido por New adVentures, Lda.

Certamente já ouviu falar mal de ingredientes como sulfatos e parabenos, comuns em alguns produtos de beleza industrializados. Sim, são químicos que devem ser evitados.

Se está a tentar optar por produtos de beleza mais naturais também pode surgir a dúvida de se é ou não preciso evitar outros ingredientes muito comuns em produtos para a pele e cabelo, como os silicones.

Os silicones são muito úteis em alguns produtos de maquilhagem, mas e nos produtos de cabelo, como os champôs?

O Bustle falou com o stylist Nick Stenson que explica que os silicones são muito comuns em produtos de cuidado do cabelo porque proporcionam um agente amaciador para ajudar a aumentar a suavidade e brilho.

“Dependendo dos materiais usados, os silicones podem selar a cutícula, tornam o cabelo menos poroso, e eliminam as coisas de que toda a gente se quer livrar como os frisados, os nós e as pontas espigadas”, destaca o especialista.

No entanto, como há tantos tipos e níveis diferentes de silicones que podem estar nos produtos para o cabelo, dependendo do que usa, o seu cabelo pode sofrer. Stenson explica que certos tipos de silicone não são o melhor para o cabelo, e em excesso podem fazer com que o cabelo acumule os seus vestígios, fique baço e pesado.

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon