Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Health & Fitness - Top Stories - Notícias de Saúde e Bem-estar

É possível perder peso 'à boleia' da fruta. Eis como

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 12/02/2018 Daniela Costa Teixeira
A fruta é uma aliada na perda dos quilos extra e na manutenção do peso. Mas é preciso ter alguns cuidados.: É possível perder peso ‘à boleia’ fruta. Eis como © iStock É possível perder peso ‘à boleia’ fruta. Eis como

Vitaminas, minerais, água e fibra. Este é o quarteto máximo da fruta, um alimento que tende a ser pouco calórico, que possui ainda prebióticos e antioxidantes e que oferece ao organismo uma boa parte dos nutrientes que este precisa para se manter forte e saudável.

Mas há quem olhe de lado para a fruta por se tratar de um hidrato de carbono repleto de açúcar (a frutose). Apesar de esta composição não ser mentira, a fruta é das melhores provas de que os hidratos de carbono não são inimigos. Moderação é, claro, a palavra de ordem.

Tal como escreve a Health no seu site, a fruta é uma aliada nos planos alimentares de perda e controlo de peso pelo simples facto de promover a saciedade e de, por ser um alimento doce, reduzir a gula e o apetite por alimentos calóricos e repletos de açúcar refinado.

Além disso, alguns alimentos são ainda detentores da classificação de calorias negativas, porque o esforço que pedem ao sistema digestivo queima mais calorias do que aquelas que foram ingeridas quando se comeu o alimento.

Contudo, não é por ser um alimento amigo da boa forma física que o consumo de fruta pode ser feito de forma desenfreada. Por se tratar de um hidrato de carbono (mesmo que bom), importa que a quantidade diária se mantenha controlada (e essa quantidade depende de pessoa para pessoa e pode ser descoberta com a ajuda de um nutricionista), sendo o recomendado entre três a cinco peças variadas por dia.

Enquanto as frutas menos calóricas – como os frutos vermelhos – podem ser consumidos à noite, as frutas mais ‘pesadas’ - como a banana - devem ser a aposta antes do treino ou ao pequeno-almoço, pois dão uma maior sensação de saciedade. Frutas como uvas e figos devem ser consumidas de forma mais pontual.

Já as frutas com alto nível glicémico – como a melancia – devem ser consumidas na própria época, evitando uma ingestão ao longo do ano e potenciais riscos de aumento dos níveis de açúcar no sangue.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor. Descarregue a nossa App gratuita para iPhone, iPad e Android

iOS e Android

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon