Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Um espelho da natureza: 10 edifícios que se fundem até se tornarem invisíveis

Logótipo de idealista idealista 06/09/2018 Hoja de Router (colaborador do idealista news)
© Foto: Mirror Houses

Há muitas formas de integrar um edifício na natureza. Numa floresta, num parque ou até num deserto. De forma mais criativa, mais direta ou mais subtil. E há um determinado tipo de edifícios particularmente “atraentes”. Falamos dos edifícios espelhados, capazes de se fundirem na natureza, sem alterá-la, para darem lugar a verdadeiras obras de arte quase invisíveis. Mostramos-te alguns exemplos incríveis. 

Uma cabana transparente no deserto

No meio do deserto californiano, o artista americano Phillip K. Smith III transformou uma antiga cabana num verdadeiro espetáculo visual. O melhor mesmo é ver o vídeo.

O miradouro “selfie”

Este miradouro, no Parque Nacional Trossachs da Escócia, foi construído por dois estudantes. Trata-se de módulo repleto de espelhos estrategicamente posicionados para enquadrar uma parte específica da paisagem: ideal para aqueles que procuram a “selfie perfeita”.

Uma mansão camuflada na floresta

Nova Iorque (EUA)

Os donos desta incrível casa na floresta, a 80 quilómetros de Nova Iorque, ficaram imediatamente fascinados com a tranquilidade que respiravam naquele ambiente. Decidiram assim revestir a casa com um elegante vidro e o resultado foi este: a casa não só parece estar na floresta, como parece ser feita de floresta.

Um hotel escondido nas árvores

Harads (Suécia)

Este é o Mirrorcube – faz parte do Treehotel em Harads (norte da Suécia) - , um incrível espelho cúbico que acolhe um quarto com uma cama de casal, casa de banho e sala de estar. Também tem um terraço, para apreciar a vista espetacular da floresta.

A escola invisível em Salamanca

" data-title="A escola invisível em Salamanca" data-portal-copyright="Foto: Imagen Subliminal" data-fid="164644" width="1920" height="1868"/>Salamanca (Espanha)

O andar superior desta escola espanhola, em Salamanca, quase não parece existir. Primeiro, um piso térreo colorido, pintado com diferentes cores, e depois um segundo andar com uma fachada de espelhos "quase invisível".

Um reflexo do Património da Humanidade

Graz (Áustria)

Na cidade austríaca de Graz, uma das fascinantes da famosa lista da UNESCO, uma empresa de arquitetura decidiu cobrir a fachada de um edifício residencial em aço inoxidável - que agora reflete os “seus vizinhos históricos do século XIX”, criando um ambiente que mistura o clássico e o moderno.

Pedra do Rei Artur

Londres (Reino Unido)

Os arquitetos do estudo sueco RAK-Arkitektur projetaram este centro cultural, no norte de Londres – acredita-se que neste local terá passado o lendário rei Artur. A ideia passou por um projetar um prédio de 36 metros de altura coberto de espelhos e de forma a lembrar a maior conquista do monarca. Reza a história que o rei Artur conseguiu extrair a inigualável espada Excalibur de uma rocha.

Uma minicasa portátil e indescritível

Pode instalar-se em qualquer lugar

Esta é a Invisible House, uma casa portátil e repleta de espelhos que pode ser instalada rapidamente e em qualquer lugar, porque se funde perfeitamente com o ambiente, seja ele qual for.

A casa espelho

Bolzano (Itália)

Nos arredores da cidade de Bolzano, Itália, estas casas geminadas foram concebidas para servir de alojamento turístico, o que quer dizer que poderás passar uma noite em qualquer uma delas.  

A casa que desapareceu

" data-title="A casa que desapareceu" data-portal-copyright="Foto: 5468796 Architecture" data-fid="164649" width="533" height="400"/>Winnipeg (Canadá)

Cobertos de folhas de vidro temperado, estes apartamentos estão camuflados e, ao mesmo tempo, imitam os seus carismáticos e clássicos "vizinhos". 

AdChoices
AdChoices

Mais do idealista

image beaconimage beaconimage beacon