Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Somos ameaçadas por extremistas de direita"

Há cinco anos, quando quase um milhão de refugiados chegaram à Alemanha, Diana e Christiane começaram a ajudar na integração dos migrantes. Elas deixaram os seus empregos para serem voluntárias e, desde então, recebem cartas, e-mails e telefonemas com ameaças de extremistas de direita. Mas desistir não é uma opção.
image beaconimage beaconimage beacon