Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

As impressionantes imagens de Chicago congelada pela histórica onda de frio que atinge EUA

Logotipo do(a) BBC News BBC News 31/01/2019
© Reuters

Regiões dos Estados Unidos estão enfrentando a mais forte onda de frio das últimas décadas, segundo meteorologistas.

Estas condições extremas, causadas por uma massa de ar gelado em rotação conhecida como vórtice polar, podem fazer a temperatura chegar a até -53°C em alguns locais e trazer graves riscos à população.

De acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA (NWS, na sigla em inglês), existe a possibilidade de uma pessoa congelar em menos de 10 minutos se sair ao ar livre em circunstâncias como essas.

Desde início da semana, a frente fria já deixou 12 mortos no país. A expectativa é que a temperatura chegue a - 40º até começar a subir na sexta-feira. Escolas, serviços de transporte e o comércio foram afetados.

Este clima - que já afeta dezenas de milhões de pessoas no país e forçou o cancelamento de milhares de voos - levou à declaração de estado de emergência nos Estados de Wisconsin, Michigan e Illinois, no Centro-Oeste, bem como em Alabama e Mississippi, localizados no sul e normalmente mais quentes.

Frio em Chicago

Os meteorologistas previam que em Chicago, no Estado de Illinois, nesta semana seria sentido mais frio que no Everest e na Antártida.

Na quarta-feira, a cidade amanheceu congelada com temperaturas de -30 ºC.

O frio extremo deixou cartões postais em Chicago como os mostrados abaixo:

© Reuters

.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mais de BBC Brasil

image beaconimage beaconimage beacon