Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Tempestade vista "uma vez a cada 100 anos" provoca caos em Sydney

Logotipo do(a) Reuters Reuters 28/11/2018 Por Colin Packham

. © Reuters/David Gray .

Baixe o app Microsoft Notícias e fique atualizado sobre as notícias mais importantes para você. Disponível para iOS e Android.

SYDNEY (Reuters) - Chuvas torrenciais e ventos dignos de um temporal assolaram nesta quarta-feira Sydney, a maior cidade da Austrália, provocando caos no transporte interurbano, alagando ruas, estações ferroviárias e casas, cancelando voos e deixando centenas de pessoa sem eletricidade.

A polícia pediu que os motoristas fiquem longe das estradas. Uma pessoa morreu em um acidente de carro e dois policiais foram gravemente feridos por uma árvore que caiu sobre ambos, quando ajudavam um motorista que ficou preso.

Greg Transell, gerente de um escritório no norte de Sydney, disse à Australian Broadcasting Corporation que ventos fortes causaram uma pane generalizada no edifício em que trabalha.

"Comecei a subir andares para ver se havia algum estrago, e no minuto seguinte houve um choque violento e (o vento) arrancou placas do telhado do depósito", contou.

O Escritório de Meteorologia da Austrália (BOM) informou que Sydney registrou mais de 100 milímetros de chuva em algumas horas, um nível que a cidade mais populosa do país normalmente teria durante todo o mês de novembro.

"Este é o tipo de precipitação que você espera ver uma vez a cada 100 anos", disse Ann Farrell, diretora do escritório estatal, aos repórteres.

A chuva foi um alívio para os agricultores, que vêm sofrendo com uma seca prolongada nos últimos meses, mas causou grandes interrupções nos transportes.

O aeroporto de Sydney, o mais movimentado do país, disse que 130 voos foram cancelados ou adiados devido ao fechamento duas de suas três pistas.

"A tempestade está bem intensa dentro e ao redor do aeroporto", explicou a porta-voz Cait Kyann à Reuters.

Mais de Reuters

image beaconimage beaconimage beacon