Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

De saco cheio: estudo mostra quanto ar vem nas embalagens de salgadinhos

Logotipo do(a) Exame.com Exame.com 13/07/2018 Guilherme Dearo
Salgadinhos: comida e ar de acordo com estudo © Reprodução Salgadinhos: comida e ar de acordo com estudo

A sensação em abrir um saco de salgadinhos e se frustrar pela quantidade de snacks ser menor do que se imaginava não é por acaso.

Curioso com esse fenômeno e disposto a quantificar quanto ar vem em cada salgadinho, o especialista em marketing Ross Hudgens criou uma experiência para garantir resultados precisos na elucidação dessa dúvida.

Postado primeiro no Kitchen Cabinet Kings, o conteúdo que utilizou métodos de deslocamento de água para mostrar com exatidão qual a porcentagem de salgadinho vinha em cada embalagem chamou a atenção.

Compartilhado de maneira massiva na internet, o experimento surpreendeu compradores de produtos como Cheetos, Ruffles, Doritos, Lays e Pringles. Confira abaixo o infográfico de cada um deles compilado pelo site Bored Panda:

Salgadinhos: estudo mostrou quantidade vazia, de ar, nas embalagens

Salgadinhos: estudo mostrou quantidade vazia, de ar, nas embalagens
© Reprodução

Conteúdo publicado originalmente no site AdNews.

Mais de Exame.com

image beaconimage beaconimage beacon