Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

IBM tem lucro trimestral acima do esperado

Logotipo do(a) Forbes Brasil Forbes Brasil 21/01/2021 Redação

© Fornecido por Forbes Brasil om/embed-podcast/episode/6kwVK13k9fVKwBC3ce0a6x” width=”100%” height=”232″ frameborder=”0″ allowtransparency=”true” allow=”encrypted-media”>

A IBM superou as estimativas de Wall Street para lucro trimestral ao divulgar seus números hoje (21) e disse estar confiante em retornar ao crescimento das vendas em 2021 por causa da forte demanda por seus negócios de computação em nuvem.

A empresa de 109 anos está se preparando para se dividir em duas companhias de capital aberto, com a empresa homônima aumentando seu foco na chamada nuvem híbrida, onde vê uma oportunidade de mercado de US$ 1 trilhão.

LEIA MAIS: Ana Paula Assis, da IBM, fala sobre novo cargo global e foco na nuvem

As vendas trimestrais nos negócios de computação em nuvem da IBM aumentaram 10%, para um recorde de US$ 7,5 bilhões.

A receita total caiu 6,5%, a US$ 20,37 bilhões no quarto trimestre, abaixo da estimativa média dos analistas de US$ 20,67 bilhões, segundo dados IBES da Refinitiv. Excluindo o efeito de moedas e desinvestimentos, recuou 8%.

A perda de receita foi causada principalmente por um raro declínio nas vendas de sua unidade de computação em nuvem e software cognitivo, onde a receita encolheu 4,5%, para US$ 6,8 bilhões, após fraco desempenho nos negócios de plataformas de processamento de transações (TPP).

O vice-presidente financeiro da IBM, James Kavanaugh, disse à Reuters que a divisão TPP foi prejudicada pela fraqueza sazonal nos negócios de computadores mainframe.

Excluindo eventos não recorrentes, a empresa alcançou um lucro de US$ 2,07 por ação, acima das estimativas de US$ 1,79 por ação. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Mais de Forbes Brasil

image beaconimage beaconimage beacon