Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

‘Sexo simulado’, alega Marilyn Manson sobre acusação de estupro

Logotipo do(a) IstoÉ Gente IstoÉ Gente 26/01/2022 Da Redação

Marilyn Manson, que foi acusado de estupro pela atriz Evan Rachel Wood, durante as gravações de cenas quentes no clipe “Heart-Shaped Glasses”, em 2007, nega que o crime tenha ocorrido.

O advogado de Manson, Howard King, enviou um comunicado, nessa terça-feira (25), para o jornal “The Guardian” com a posição do cantor.


Galeria: Ranzinzas: Veja famosos considerados ‘difíceis’ em Hollywood (Famosidades)

“De todas as acusações falsas que Evan Rachel Wood fez contra Brian Warner [nome de batismo de Manson], sua versão criativa das gravações do clipe de Heart-Shaped Glass 15 anos atrás é a mais descarada e a mais fácil de refutar, já que houveram múltiplas testemunhas. Evan estava não apenas completamente coerente e envolvida durante os três dias de gravação, mas também muito comprometida nas semanas de pré e pós produção com planejamento e edição do corte final. A cena de sexo simulado durou diversas horas, com múltiplos takes em ângulos diferentes e com diversas pausas durante trocas de câmeras. Brian não transou com Evan naquele set e ela sabe que isso é verdade”, diz a nota

Em um novo documentário, Rachel afirma que o cantor a “penetrou” de verdade durante uma cena de sexo que deveria ser simulada, contando que “nunca concordou” com a situação. Segundo Wood, foi oferecido absinto a ela durante as gravações, e ela “mal estava consciente” na hora da cena em questão.

Mais de IstoÉ Gente

image beaconimage beaconimage beacon