Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Rildo entra com ação contra o Vasco: 'Preciso sustentar minha família'

Logotipo do(a) LANCE! LANCE! 26/04/2019 LANCE!
Atacante cobra o Vasco pelo descumprimento de um acordo (Foto: Paulo Sérgio/Agência F8) © Fornecido por Areté Editorial S.A. Atacante cobra o Vasco pelo descumprimento de um acordo (Foto: Paulo Sérgio/Agência F8)

Em convívio com uma situação financeira delicada, o Vasco pode ter mais um problema neste quesito nas próximas semanas. Rildo, que havia rescindido o contrato com o Cruz-Maltino em março desse ano de forma amigável, entrou com uma ação na Justiça contra o clube de São Januário.

Durante a passagem pelo Vasco, Rildo ficou sem receber dois meses de salários e o valor referente às férias e, por isso, cobra cerca de R$ 1,7 milhão ao clube. Antes de rescindir o contrato, o atacante buscou fazer um acordo com o Cruz-Maltino para receber este valor em dez parcelas. Desde a assinatura, porém, o atleta ainda não recebeu nenhuma parcela e, por isso, procurou a Justiça.

Por meio de uma nota oficial, Rildo afirmou que, por conta da admiração que possui pelo Vasco, buscou, ao máximo, não lidar com a questão por meio de medidas legais, mas, por precisar sustentar sua família, não teve outra escolha. Confira o esclarecimento do atleta:

"Nação Vascaína, gostaria de deixar claro que eu poderia ter entrado na justiça para rescindir meu contrato, como outros atletas já fizeram. Mas não quis. Optei, mesmo com salários me atraso, por rescindir amigavelmente o contrato, e sair pelas portas da frente, por respeito e carinho ao Vasco, clube que aprendi a amar.

Parcelei em dez vezes aquilo que eu tinha direito, como trabalho, a receber. Fizemos um acordo, assinado por mim e pelo CRVG, onde eles reconheciam meus direitos. Porém, nem a primeira e nem a segunda parcela do acordo foram pagas. Eu tentei falar com os diretores, busquei algum prazo ou que me dessem alguma satisfações. Ninguém me respondeu, por quase dois meses.

Sou pai de família e trabalhador como todos vocês. Não era o que eu queria, mas eu trabalhei e é meu direito receber por aquilo que trabalhei. Meu carinho e respeito pelo Vasco sempre existirá. Espero voltar um dia a vestir essa camisa tão vitoriosa. E mais do que tudo, espero que vocês entendam que, assim como vocês, eu trabalhei e preciso sustentar meus filhos e minha família."

Mais de Lance!

image beaconimage beaconimage beacon