Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

CR7 salva Juventus de derrota para a Inter de Milão

Logotipo do(a) Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva 27/04/2019 Gazeta Esportiva

Neste sábado, a Internazionale de Milão recebeu a Juventus em clássico válido pela 34ª rodada do Campeonato Italiano. No Estádio Giuseppe Meazza, o San Siro, a equipe anfitriã começou melhor, abriu o placar com Nainggolan e teve a chance de sacramentar o triunfo. Porém, mais uma vez brilhou a estrela de Cristiano Ronaldo e o duelo acabou empatado em 1 a 1.

Com o resultado, a Inter se mantém na terceira colocação da tabela, com 62 pontos ganhos e na luta por uma vaga na próxima Liga dos Campeões. A já campeã Juve, por outro lado, apenas cumpre tabela, com 87 pontos conquistados na primeira posição.

Na rodada do próximo final de semana, os comandados de Luciano Spaletti visitam a Udinese, no Friuli, enquanto os de Massimiliano Allegri voltam a Turim para receber o Torino.

Estrela de CR7 voltou a brilhar neste sábado, em Milão © Fornecido por Fundação Cásper Líbero Estrela de CR7 voltou a brilhar neste sábado, em Milão

Domínio azul e preto

O clássico começou equilibrado, mas a Internazionale tratou de dar um banho de água fria dos bianconeros, abrindo o placar logo aos sete minutos de bola rolando.

Em cobrança de escanteio pela esquerda, Perisic levantou, a zaga afastou e Politano ficou com a sobra. Na entrada da área, o meia dominou no peito e, sem deixar cair, inverteu para Nainggolan. O belga pegou de primeira e, com um belo chute, venceu Szczesny no canto esquerdo. O goleiro chegou inteiro na bola, mas acabou deixando passar.

A Inter continuou em cima e, aos 12 minutos, quase fez o segundo. Pela esquerda, Icardi foi acionado em profundidade e, ao invadir a área, emendou para o gol. Szczesny, desta vez, foi bem no lance e espalmou para escanteio.

Aos 15, foi a vez de De Vrij exigir esforços do goleiro polonês. Após cruzamento da esquerda, o zagueiro levou a melhor pelo alto e cabeceou no chão, tentando o contrapé do arqueiro. Szczesny, porém, conseguiu fazer a defesa em dois tempos.

Ofensivamente, a atuação da Juventus deixava muito a desejar. Foi apenas uma finalização perigosa ao longo dos primeiros 45 minutos. Bernardeschi foi quem arriscou, de fora da área, mandando centímetros acima do travessão.

Cristiano Ronaldo esteve muito apagado e pouco contribuiu para mudar o cenário do jogo antes do intervalo.

Precisão de CR7 salva a Juve

A Vecchia Signora voltou dos vestiários ensaiando uma pressão, tentando controlar a posse da bola. Apesar dos esforços, o time visitante era pouco incisivo e não conseguia se aproximar da meta adversária.

O primeiro lance de perigo voltou a ser da Inter. Aos 10 minutos da etapa final, Perisic recebeu na intermediária, rolou para a canhota e soltou um forte chute rasteiro. A bola passou lambendo a trave direita, balançando o lado de fora da rede.

O jogo estava bem controlado pelos donos da casa, mas, quando se tem Cristiano Ronaldo do outro lado, a atenção tem que ser dobrada. Tanto é que em sua primeira chance clara na partida, a Juve igualou. Com 17 rodados, o português tabelou com Pjanic, que devolveu de calcanhar, e fuzilou com a canhota da entrada da área. O chute foi rasteiro, preciso, e, no canto direito, sem chances para Handanovic.

A resposta nerazzurri veio aos 25 minutos, novamente com Perisic. Desta vez, o croata acertou o alvo, finalizando no alto do gol, de dentro da grande área. Szczesny, porém, foi bem no lance e conseguiu espalmar.

O duelo continuou equilibrado, mas a bola não voltou a entrar e o clássico terminou empatado em Milão.

_____________________________________

Vídeo: Jornal espanhol elenca dez promessas do Brasileirão (LANCE!)

A SEGUIR
A SEGUIR

Quer receber as principais notícias do MSN Brasil pelo Facebook Messenger?
Inscreva-se agora.

Mais de Gazeta Esportiva

image beaconimage beaconimage beacon