Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Um mês para a Copa: Rússia já inaugurou os 12 estádios; conheça!

Logotipo do(a) LANCE! LANCE! 14/05/2018 LANCE!
Estádio Luzhniki - Moscou © Foto: Fifa.com Estádio Luzhniki - Moscou

Esta segunda, 14 de maio, é um marco na contagem regressiva para a Copa do Mundo da Rússia: um mês para o pontapé inicial quando os anfitriões russos irão encarar a Arábia Saudita, no estádio Luzhniki, em Moscou, às 12h (de Brasília). O palco, aliás, é o mesmo da final, dia 15 de julho, e divide a hospedagem na capital com outro cenário das partidas, a Arena Spartak.

Com a inauguração da Arena de Samara, no último dia 28 de abril, quando faltavam 47 dias para o início do torneio, a Rússia já abriu os 12 estádios da competição. Assim, cumpriu o prazo mais rapidamente que o Brasil. Em 2014, a Arena Corinthians foi inaugurada a 27 dias da abertura. Porém, o Comitê Organizador Local (COL) havia previsto uma entrega bem mais antecipada, até dezembro do ano passado. Na prática, apenas seis cumpriram os requisitos, ficando a outra metade para este semestre.

Confira abaixo um painel das arenas da Copa de 2018:

ESTÁDIO LUZHNIKI

Sediado na capital Moscou, única cidade que terá dois palcos no Mundial (o outro é a Arena Spartak), o Luzhniki (antigo Estádio Central Lênin, em homenagem ao líder da Revolução Russa) é o mais importante do país. Não à toa, receberá a partida de abertura entre russos e sauditas, uma semifinal e a final. Foi lá que aconteceram a abertura e o encerramento dos Jogos Olímpicos de 80, que teve o boicote dos Estados Unidos e seus aliados por conta da Guerra Fria. Em 2008, recebeu a final da Champions League entre os ingleses Manchester United e Chelsea. 

Localização: Moscou

Inauguração: 31 de julho de 1956 - sua reforma para o Mundial terminou em junho de 2017. Foi reinaugurado para a Copa com o amistoso Rússia 0 x 1 Argentina, em 11 de novembro do ano passado.

Custo da reforma: US$ 470 milhões(R$ 1,9 bilhão)

Capacidade: 81 mil espectadores

Jogos que sediará (7):

14 de junho - Rússia x Arábia Saudita - Grupo A

17 de junho – Alemanha x México - Grupo F

20 de junho – Portugal x Marrocos - Grupo B

26 de junho – Dinamarca x França - Grupo C

1º de julho - Oitavas de final

11 de julho - Semifinal

15 de julho - Final

ARENA SPARTAK

O outro estádio do Mundial localizado na capital russa é a casa do tradicional Spartak Moscou. Com o nome oficial de Otkrytie Arena, foi sede de jogos da Copa das Confederações, entre eles a disputa do terceiro lugar entre Portugal e México. A previsão inicial de construção era para 2010, mas houve diversos adiamentos e o término aconteceu apenas em 2014. Será o palco do jogo do Brasil contra a Sérvia e dará adeus nas oitavas. 

Localização: Moscou

Inauguração: 5 de setembro de 2014

Custo da construção: US$ 325 milhões (R$ 1,1 bilhão)

Capacidade: 45 mil espectadores

Jogos que sediará (5):

16 de junho - Argentina x Islândia - Grupo D

19 de junho – Polônia x Senegal - Grupo H

23 de junho – Bélgica x Tunísia - Grupo G

27 de junho – Sérvia x Brasil - Grupo E

3 de julho - Oitavas de final (1º do Grupo H x 2º do Grupo G)

ARENA KAZAN

Localizada na cidade com o mesmo nome, foi a primeira ficar pronta para a Copa e é sede de jogos do time local, o Rubin Kazan. Recebeu jogos da Universíade de 2013 e da Copa das Confederações do ano passado. Além de partidas da primeira fase, abrigará também uma das oitavas e outra das quartas de final. 

Localização: Kazan (capital da República doTartaristão

Inauguração: 6 de julho de 2013

Custo da construção: US$ 324 milhões (R$ 1,1 bilhão)

Capacidade: 45.379 espectadores

Jogos que sediará (7):

16 de junho - França x Austrália - Grupo C

20 de junho - Irã x Espanha - Grupo B

24 de junho - Polônia x Colômbia - Grupo H

27 de junho - Coreia do Sul x Alemanha - Grupo F

30 de junho - Oitavas de final (1º do grupo C x 2º do Grupo D)

6 de julho - Quartas de final

ARENA ZENIT

Localizado na segunda maior cidade da Rússia, São Petersburgo (antiga Petrogrado e depois Leningrado), o estádio Krestovsky foi palco do jogo de abertura (Rússia 2 x 0 Nova Zelândia) e da final (Alemanha 1 x 0 Chile) da Copa das Confederações de 2017. O nome oficial refere-se à ilha onde está situado o local em que manda os jogos o Zenit São Petersburgo. Receberá sete partidas da competição, entre elas Brasil x Costa Rica e a disputa pelo terceiro lugar. 

Localização: São Petersburgo

Inauguração: 22 de abril de 2017 - jogo Zenit 2 x 0 Ural

Custo da construção: US$ 841 milhões (R$ 3 bilhões)

Capacidade: 68.134 espectadores

Jogos que sediará (7):

15 de junho - Marrocos x Irã - Grupo B

19 de junho - Rússia x Egito - Grupo A

​22 de junho - Brasil x Costa Rica - Grupo E

26 de junho - Nigéria x Argentina - Grupo D

​3 de julho - Oitavas de final - 1º do Grupo F x 2º do Grupo E

10 de julho - Quartas de final

14 de julho - Disputa do terceiro lugar

ESTÁDIO OLÍMPICO FISHT

Construído para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2013, em que abrigou as cerimônias de abertura e encerramento, fica na cidade de Sochi. A cidade é um belo balneário situado no sudoeste da Rússia e que será o quartel-general da Seleção Brasileira. O estádio em formato de concha receberá seis jogos, entre eles o clássico Portugal x Espanha, um jogo das oitavas e outro das quartas de final. Por ser a única cidade com times nas primeiras divisões do futebol russo, teme-se que vire um elefante branco, como ocorreu com algumas arenas no Brasil. 

Localização: Sochi (sudoeste russo)

Inauguração: Janeiro de 2014

Custo da construção: US$ 607,5 milhões entre construção e obra para o Mundial (R$ 2,1 bilhões)

Capacidade: 47.659 espectadores

Jogos que sediará (6):

15 de junho - Portugal x Espanha - Grupo B

18 de junho - Bélgica x Panamá - Grupo G

23 de junho - Alemanha x Suécia - Grupo F

26 de junho - Austrália x Peru - Grupo C

30 de junho - Oitavas de final - 1º do Grupo A x 2º do Grupo B

7 de julho - Quartas de final

ESTÁDIO KALININGRADO

Foi o sétimo estádio a ser inaugurado para a Copa do Mundo. Localizado na cidade de Kaliningrado, única que não está dentro do próprio país por ser um exclave russo entre a Polônia e a Lituânia, às margens do Mar Báltico. Também chamado de Arena Baltika, receberá confrontos importantes da primeira fase, especialmente Inglaterra x Bélgica, Marrocos x Espanha. 

Localização: Kaliningrado (às margens do Báltico)

Inauguração: 11 de abril de 2017 com jogo da segunda divisão russa - Baltika 1 x 0 Kirilia Sovetov

Custo da construção: US$ 310 milhões (R$ 1,1 bilhão)

Capacidade: 35.212 espectadores

Jogos que sediará (4):

16 de junho - Croácia x Nigéria - Grupo D

22 de junho - Sérvia x Suíça - Grupo E

25 de junho - Espanha x Marrocos - Grupo B

28 de junho - Inglaterra x Bélgica - Grupo G

ESTÁDIO NIZHNY NOVGOROD

FOTO: Reprodução

Localizado na cidade do mesmo nome, às margens do rio Volga e Oka, é o novo estádio do Olympiyets Nizhny Novgorod. É mais próxima de Moscou de todas as que abrigarão confrontos. Receberá quatro jogos da primeira fase, entre eles Argentina x Croácia, um das oitavas e outro das quartas. Foi o novo palco da Copa a ser inaugurado.

Localização: Nizhny Novgorod

Inauguração: 15 de abril de 2018 com jogo da segunda divisão local.

Custo da construção: US$ 310 milhões (R$ 1,1 bilhão)

Jogos que sediará (6):

18 de junho - Suécia x Coreia do Sul - Grupo F

21 de junho - Argentina x Croácia - Grupo D

24 de junho - Inglaterra x Panamá - Grupo G

27 de junho - Suíça x Costa Rica - Grupo E

1 de julho - Oitavas de final - 1º do Grupo D x 2º do Grupo C

ARENA VOLGOGRADO

Localizada na cidade de mesmo nome, antiga Stalingrado, palco de célebre batalha da Segunda Guerra que representou vitória da União Soviética sobre a Alemanha, fica na região do Cáucaso russo. O estádio foi construído após a demolição do antigo, que existia desde 1964 como casa do Rotor Volvogrado. Sua participação se restringirá à primeira fase, com quatro jogos. Foi inaugurado no mês passado.

Localização: Volvogrado

Inauguração: 21 de abril de 2018 com jogo da segunda divisão russa - Rotor 4 x 2 Luch.

Custo da construção: US$ 290 milhões (R$ 792 milhões)

Jogos que sediará (4):

15 de junho - Egito x Uruguai - Grupo A

21 de junho - França x Peru - Grupo C

24 de junho - Polônia x Colômbia - Grupo H

27 de junho - México x Suécia - Grupo F

ARENA DE EKATERIMBURGO

O estádio está localizado na quarta maior cidade do país e a mais oriental do Mundial da Rússia, na parte asiática. É a casa do Ural, time que atualmente disputa a primeira divisão russa, e foi inaugurado em 1957, passando agora por reformas para a Copa do Mundo. 

Localização: Ekaterimburgo (na Rússia asiática)

Inauguração: Foi reinaugurado, com as reformas para a Copa, no dia 2 de abril de 2018, com jogo da primeira divisão - Ural 1 x 1 Rubin Kazan

Custo da construção: US$ 220 milhões (cerca de R$ 1,04 bilhão)

Jogos que sediará (4):

18 de junho - Tunísia x Inglaterra - Grupo G

22 de junho - Nigéria x Islândia - Grupo D

25 de junho - Arábia Saudita x Egito - Grupo A

28 de junho - Senegal x Colômbia - Grupo H

ARENA ROSTOV

Localizada na cidade porturária de Rostov-on-Don, no sudoeste da Rússia, a arena será palco da estreia do Brasil no Mundial, dia 17 contra a Suíça. Receberá outros três jogos da primeira fase e um das oitavas. Após o Mundial, receberá as partidas do Rostov, equipe que disputa a primeira divisão do país. O estádio foi inaugurado no dia 15 de abril passado sem estar 100% pronto. 

Localização: Rostov-on-Don

Inauguração: 15 de abril de 2018 - Rostov 2 x 0 Ska-Khabarovsk, pela primeira divisão russa

Custo da construção: US$ 350 milhões (cerca de R$ 1,26 bilhão)

Jogos que sediará (5):

17 de junho - Brasil x Suíça - Grupo E

20 de junho - Uruguai x Arábia Saudita - Grupo A

23 de junho - Coreia do Sul x México - Grupo F

26 de junho - Islândia x Croácia - Grupo D

2 de julho - Oitavas de final - 1º do Grupo G x 2º do Grupo H

ARENA MORDOVIA

Estádio construído do zero para a Copa, fica na cidade de Saransk (capital da República da Mordóvia, ao leste do rio Insar. Será também palco de jogos do Mordóvia Saransk na Premier League Russa. Foi inaugurado no mês passado com um jogo da terceira divisão do país e receberá apenas partidas da fase de grupos do Mundial. 

Localização: Saransk (república da Mordóvia)

Inauguração: 21 de abril de 2018 - Mordovia FC 0 x 0 Zenit Ijevsk - terceira divisão da Rússia

Custo da construção: US$ 290 milhões (R$ 1,04 bilhão)

Jogos que sediará (4):

16 de junho - Peru x Dinamarca - Grupo C

19 de junho - Colômbia x Japão - Grupo H

25 de junho - Irã x Portugal - Grupo B

28 de junho - Panamá x Tunísia - Grupo G

ARENA COSMOS

É um novo estádio construído na cidade de Samara, sexta maior localidade do país. Substituirá o estádio Metallurg como casa do Krylia Sovetov Samara na Premier League Russa. Foi o último dos palcos do Mundial a ser inaugurado, quando faltavam 47 dias para o pontapé inicial. Caso o Brasil termine em primeiro da sua chave, jogará lá a partida das oitavas de final. Outros cinco jogos acontecerão na arena, com destaque para Uruguai x Rússia. 

Localização: Samara

Inauguração: 28 de abril de 2018 - Krylia Sovetov 2 x 1 Fakel, pela segunda divisão da Rússia

Custo da construção: US$ 320 milhões (R$ 1,25 bilhão)

Jogos que sediará (6):

17 de junho - Costa Rica x Sérvia - Grupo E

21 de junho - Dinamarca x Austrália - Grupo C

​25 de junho - Uruguai x Rússia - Grupo A

28 de junho - Senegal x Colômbia - Grupo H

2 de julho - Oitavas de final - 1º do Grupo E x 2º do Grupo F

7 de julho - Quartas de final

Luzhniki Stadium - Moscow, Russia

Luzhniki Stadium - Moscow, Russia
© Argentina e Rússia inauguraram o estádio (FOTO: AFP)


Siga o MSN Esportes no Facebook

Mais de Lance!

image beaconimage beaconimage beacon