Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Russell diz que “tudo desligou” no carro após pancada em bueiro solto em Baku e lamenta “grande frustração”

Logotipo do(a) Grande Prêmio Grande Prêmio 26/04/2019 VITOR FAZIO
F1 2019; GP DA CHINA; XANGAI; DOMINGO; WILLIAMS; GEORGE RUSSELL © Grande Prêmio F1 2019; GP DA CHINA; XANGAI; DOMINGO; WILLIAMS; GEORGE RUSSELL

A sexta-feira (26) de treinos livres de George Russell em Baku não poderia ser mais conturbada. O britânico, que já teria os problemas naturais de pilotar pela Williams, ainda teve o azar de passar por cima de uma tampa de bueiro solta. O incidente bastou para causar danos sérios ao carro #63 e gerar “grande frustração” no britânico.

Russell, incapaz de desviar da tampa de bueiro, viu o carro azul e branco sofrer danos no assoalho e até mesmo na unidade de potência. A cereja no bolo foi a descoberta de que o chassi rachou e precisa ser trocado para a sequência do fim de semana.

“Foi um dia difícil. É uma pena que o pessoal tenha passado o dia inteiro de ontem preparando o carro para no fim só dar algumas voltas”, lamentou Russell. “Estava avançando na reta, senti uma grande pancada no chassi e tudo desligou. Foi um azar. O plano agora é ir para a reunião, ouvir os comentários do Robert [Kubica] e ver o que o pessoal está planejando para amanhã”, continuou.

“O dia foi, como um todo, uma grande frustração. Mesmo assim, precisamos tirar o melhor dessa situação e manter o otimismo para o fim de semana que temos pela frente”, encerrou.

A necessidade de trocar chassi obrigou Russell a ficar fora do TL2. O britânico volta à pista apenas no TL3 para enfim completar as primeiras voltas no fim de semana, poucas horas antes da classificação.

Quer receber as principais notícias do MSN Brasil pelo Facebook Messenger?
Inscreva-se agora.

Mais de Grande Prêmio

image beaconimage beaconimage beacon