Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Atlético estuda jogar mata-mata da Libertadores com público em Brasília

Logotipo do(a) Superesportes Superesportes 22/07/2021 Túlio Kaizer

Estádio Mané Garrincha pode receber confronto decisivo do Atlético © Divulgação/CBF Estádio Mané Garrincha pode receber confronto decisivo do Atlético  

O diretor de futebol do Atlético, Rodrigo Caetano, diz que o clube estuda mandar o jogo das quartas de final da Copa Libertadores, contra o River Plate, em Brasília. Desta forma, o clube poderia receber público no confronto decisivo em busca da vaga na semifinal da competição continental.

"O ideal para o Atlético é jogar aqui no Mineirão com público, é o mundo ideal para nós, que o nosso torcedor de Belo Horizonte e redondezas possa acompanhar nossa equipe. Sabemos que para o Campeonato Brasileiro isso é muito pouco provável, porque só acontecerá quando todas as cidades estiverem disponíveis. Mas na Libertadores é algo a se estudar sim, gostaríamos muito que isso acontecesse em Belo Horizonte. Mas fica a cargo do presidente e demais componentes da diretoria. Temos algum tempo. É muito relevante e importante avaliarmos isso. Se pudermos, já que foi permitido por parte da Conmebol, acho que é muito bacana para o espetáculo, para todos, possam retornar dentro da segurança sanitária. É óbvio que aos poucos a gente possa ter a volta aos estádios, respeitando rigorosamente os protocolos de segurança para todos", disse o dirigente.

A Conmebol autorizou, antes mesmo do início das oitavas de final, a presença de público nos jogos de mata-mata. Os governos de Belo Horizonte e Buenos Aires, no entanto, vetaram para os confrontos entre Atlético e Boca Juniors.

Na noite desta quarta-feira, o Flamengo goleou o Defensa y Justicia por 4 a 1 no estádio Mané Garrincha, em Brasília, com público. Foram disponibilizados ingressos para 25% da capacidade do estádio (cerca de 18 mil), apenas para pessoas que já tomaram as duas doses da vacina ou que apresentaram exame PCR com resultado negativo.

A pretensão inicial do Atlético é mandar o confronto contra o adversário argentino no Mineirão, com público. Caso a presença de torcedores em BH não seja autorizada pela prefeitura, o alvinegro pode sim viabilizar o jogo de volta das quartas de final em Brasília. 

Mais de Superesportes.

image beaconimage beaconimage beacon