Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

5 horas atrás
© Fotos: Eraldo Peres e Nelson Antoine/AP

ELEIÇÕES 2018

- Haddad acena a Ciro; Bolsonaro minimiza papel dos militares

Foram ao ar entre a noite de segunda (22) e a madrugada desta terça-feira (23) entrevistas com Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) na TV aberta. Ao ‘Roda Viva’, da TV Cultura, o candidato do PT fez um aceno a Ciro Gomes, na esperança de receber um apoio público. Haddad disse esperar que o colega “dê um alô” de onde estiver. “Aguardo ansiosamente", completou. Já Bolsonaro falou ao “Conexão Repórter”, do SBT. Entrevistado por Roberto Cabrini, o candidato do PSL afirmou que os militares não ocuparão um terço do seu ministério, caso eleito. Ele negou ainda que haja risco de fechar o Congresso e reforçou sua proposta de facilitar o porte de armas para a população. (Via Estadão)

Perdeu as notícias de ontem? Veja o que foi destaque

Baixe o novo app Microsoft Notícias agora no iOS e Android

- Sem Bolsonaro, TV Globo cancela debate do 2º turno

A TV Globo confirmou, na noite de segunda-feira, o cancelamento do debate televisivo entre os candidatos à Presidência, Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, que estava marcado para a próxima sexta-feira (26), às 22h. A decisão foi anunciada depois que a campanha do PSL informou à emissora que o capitão reformado não participará do evento por questões de saúde. (Via VEJA.com)

- Após fala polêmica de filho, Bolsonaro diz prestigiar STF

O presidenciável Jair Bolsonaro enviou na segunda-feira (22) à noite uma carta ao ministro Celso de Mello, do STF, após o decano ter classificado como "inconsequente e golpista" a fala do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sobre "fechar" o Supremo. O presidenciável disse ainda que o STF é o "guardião da Constituição" e que "todos temos que prestigiar a Corte". (Via Notícias ao Minuto) 

- Marina declara voto em Haddad no 2º turno

Em nota oficial divulgada ontem, a ex-senadora Marina Silva (Rede) declarou apoio ao candidato à Presidência Fernando Haddad. No texto, ela reforçou o seu posicionamento de que vai fazer parte da "oposição crítica" em um eventual governo do PT, mas considerou Haddad o candidato do "pelo menos". "Pelo menos, e ainda bem, não prega a extinção dos direitos dos índios, a discriminação das minorias, a repressão aos movimentos, o aviltamento ainda maior das mulheres, negros e pobres, o fim da base legal e das estruturas da proteção ambiental." (Via HuffPost Brasil)

FHC volta a criticar Bolsonaro e pede por coesão no Brasil

- Maior rede pró-Bolsonaro do Facebook é excluída

O Facebook removeu na segunda-feira um grupo de 68 páginas e 43 contas da rede social que, juntas, formavam a maior rede pró-Bolsonaro da internet. Segundo a empresa, os donos dessas páginas, controladores de um grupo chamado Raposo Fernandes Associados (RFA), violaram as políticas de autenticidade e spam ao criar contas falsas e múltiplas contas com os mesmos nomes para administrar os grupos. (Via Estadão)

Fachin nega pedido do PSOL por restrição do WhatsApp

WhatsApp facilitará vida de quem recebe muitos áudios

BRASIL

- MG: policiais envolvidos em tiroteio não poderiam fazer segurança

Os nove integrantes da Polícia Civil de São Paulo envolvidos na operação de troca de dólares por dinheiro falso que resultou na morte de um policial civil mineiro, em Juiz de Fora (MG), na sexta-feira (19), cometeram também falta funcional grave, além dos crimes pelos quais quatro deles – dois delegados e dois investigadores – estão presos. (Via Estadão)

MUNDO

- Turquia apresentará conclusões sobre assassinato de jornalista

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, anunciou que apresentará nesta terça-feira (23) os resultados da investigação sobre o assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi ocorrida no Consulado da Arábia Saudita em Istambul no último dia 2. As revelações feitas até agora já foram suficientes para forçar o regime saudita a admitir a morte de Khashoggi, na semana passada. (Via VEJA.com)

- Furacão Willa ameaça o México

O México emitiu um alerta sobre a aproximação do “ameaçador” furacão Willa, que deverá atingir a costa sudoeste do país nesta terça-feira (23). Tempestade tropical de categoria 4 – com ventos de 209 a 251 km/h –, o fenômeno é tido como “potencialmente catastrófico”. (Via VEJA.com)

- Vídeo: Apesar de Trump, caravana segue rumo aos EUA (Via Reuters)

FUTEBOL

- Inter empata com Santos e ajuda Verdão

O Internacional bem que tentou e, por duas vezes, esteve perto de conquistar mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. A equipe, porém, acabou tomando o empate do Santos por 2 a 2, na noite de segunda-feira, ficando um pouco mais distante da briga pelo título, já que agora está cinco pontos atrás do líder Palmeiras. (Via ESPN)

JOGO DE HOJE

Libertadores

21h45 - River Plate x Grêmio

LOTERIA

- Sorteio antecipado da Mega-Sena deve pagar R$ 18 milhões hoje

A Mega-Sena sorteia nesta terça-feira (23) um prêmio estimado em R$ 18 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso 2090. A Caixa escolheu essa semana como a Semana da Sorte, que ocorre uma vez ao mês. Quando isso acontece, a loteria realiza três sorteios semanais, em vez de dois. Haverá extração nesta terça, na quinta (25) e no sábado (27). Os sorteios são feitos sempre às 20h, no horário de Brasília. (Via Agência Brasil)

VEJA TAMBÉM:

As notícias mais importantes do momento, selecionadas pelos editores do LinkedIn

Veja a cotação do dólar, peso e outras moedas hoje

Confira a previsão do tempo para hoje na sua cidade

Horóscopo: veja a previsão de hoje para o seu signo

image beaconimage beaconimage beacon