Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Após confusão, Erasmo Carlos explica manchete de entrevista sobre CPI da Covid

Logotipo do(a) PaiPee PaiPee 07/06/2021 Isabela Oliveira

Uma entrevista de Erasmo Carlos em comemoração aos seus 80 anos causou confusão pela manchete.

Uma entrevista de Erasmo Carlos em comemoração aos seus 80 anos causou confusão pela manchete.
© Foto: Instagram

Uma entrevista de Erasmo Carlos à Folha de S. Paulo foi motivo de confusão no último sábado (5). A manchete da matéria, escrita em comemoração ao aniversário de 80 anos do cantor, deu a entender que o artista seria contra a CPI da Covid.

+ Patrícia Abravanel poderá perder programa no SBT para Chris Flores

A polêmica manchete dizia que o cantor estaria revoltado com a Comissão Parlamentar de Inquérito. “Erasmo Carlos, aos 80 anos, se revolta com a CPI da Covid e diz que ficou mais caseiro”, lia-se no título. 

No domingo (6), Erasmo foi às redes sociais desmentir o mal-entendido. “Um esclarecimento se torna necessário. Eu não sou contra a CPI da Covid, muito pelo contrário, torço para que ela não termine em pizza e que sejam punidos”, explicou o intérprete de “Mesmo Que Seja Eu”, em apoio às investigações.

Após a confusão, a chamada foi alterada para “Erasmo Carlos, aos 80 anos, se revolta com depoimentos ‘sem noção’ da CPI da Covid”. Na entrevista, o artista disse ficar “bestificado” com a desinformação nos depoimentos da Comissão. “É um circo”, classificou.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Mais de PaiPee

image beaconimage beaconimage beacon