Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Homem morre ao tentar proteger filho de assalto no Rio

Logotipo do(a) Estadão Estadão 27/09/2018 Roberta Jansen

© Foto: Apu Gomes/AP

Um homem foi morto ao tentar proteger o filho de dez anos, durante uma tentativa de assalto a um bar na Praça Condessa Paulo de Frontin, no Rio Comprido, zona norte, na noite de quarta-feira, 25. Segundo a mulher da vítima contou em entrevista ao Bom Dia Rio, o chef de cozinha Francisco Vilamar Peres, de 49 anos, foi baleado no rosto ao tentar proteger a criança, depois que os bandidos colocaram umaarma na cabeça do menino exigindo a entrega de um telefone celular.

"Meu filho estava com o celular na mão, jogando, quando o bandido chegou e apontou a arma para a cabeça do meu filho. E mandou: passa o celular para cá, se você não me der, eu atiro. E ai foi quando o meu esposo reagiu. O bandido foi e atirou. A gente fala que nunca vai acontecer com a família da gente, mas um dia ela chega né? Para mim é um absurdo", contou Conceição Veras dos Santos.
Depois de ser baleado, Peres chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu.

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon