Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

MA: Capitão da PM é detido após acusação de estupro em hospital; ele nega

Logotipo do(a) IstoÉ IstoÉ 12/01/2021 Da Redação

A polícia prendeu no domingo (10) o médico e Capitão da Polícia Militar do Maranhão Allan Xavier Dias, de 35 anos, acusado de estupro contra uma técnica em enfermagem. Na delegacia, ele negou o crime e disse que a vítima consentiu. A denúncia foi feita pela técnica de enfermagem que afirmou que o crime teria ocorrido dentro do Hospital Genésio Rêgo, em São Luís (MA). As informações são do Uol.

Allan foi levado para um presídio dentro do Comando da PM, no entanto, foi solto no dia seguinte após passar por uma audiência de custódia.

Conforme o depoimento da técnica de enfermagem à polícia, ela estava de plantão no hospital e o crime teria ocorrido na madrugada. “O médico teria planejado dormir no mesmo local onde a enfermeira descansava. Ele aproveitou o momento que ela foi dormir e consumou o ato”, contou a delegada Kazumi Tanaka, que coordena as Delegacias da Mulher, em São Luís. “Ela acordou já com ele em cima dela, gritou, e conseguiu fugir chorando”, acrescentou Tanaka.

Em nota ao Uol, o governo do Maranhão informou que ‘repudia veementemente qualquer forma de violência, sobretudo, na rede de saúde estadual’. Ainda de acordo com o governo, o médico foi imediatamente afastado de suas atividades e o caso está sendo conduzido pelas autoridades competentes.

A reportagem do UOL tentou entrar em contato com Allan Xavier Dias para posicionamento e ainda não conseguiu retorno.

Mais de IstoÉ

image beaconimage beaconimage beacon