Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Morre vítima de explosão em barco que deixou 15 feridos em rio do Acre

Logotipo do(a) Estadão Estadão 6 dias atrás José Maria Tomazela

SOROCABA – Uma das vítimas da explosão de um barco, no Rio Juruá, a jovem Simone Souza Rocha, de 24 anos, morreu no início da noite deste domingo, 9, no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. Ela estava internada desde a noite de sexta-feira, 7, quando houve a explosão seguida de incêndio na embarcação.

Conforme a direção do hospital, a vítima sofreu queimaduras em mais de 80% do corpo e não resistiu a uma parada cardiorrespiratória, após passar por uma cirurgia reparadora. O corpo de Simone será levado para sepultamento em Marechal Thaumaturgo, cidade onde ela morava.

Das 15 pessoas que tiveram ferimentos graves, cinco foram transferidas para hospitais de Rio Branco, capital do Acre. As vítimas em situação mais grave são um bebê de oito meses, uma criança de 4 anos, que estão internada no Hospital da Criança, além de dois adultos – um homem de 38 e uma mulher de 49 anos – que estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

O barco estava sendo abastecido com combustível quando houve a explosão e foi totalmente destruído pelo fogo. A embarcação tinha registro na Marinha do Brasil, mas, conforme as primeiras apurações não tinha autorização para o transporte de combustível. Também é apurado se o barco estava habilitado para o transporte de passageiros.

A Polícia Civil já começou a ouvir familiares das vítimas e testemunhas. Os responsáveis pela embarcação também serão ouvidos. O laudo da perícia realizada no que sobrou do barco fica pronto em 90 dias.
_________________________________________________________

Vídeo: Lava Jato teria agido contra Lula para evitar volta ao poder (AFP)

A SEGUIR
A SEGUIR

Quer receber as principais notícias do MSN Brasil pelo Facebook Messenger?
Inscreva-se agora.

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon