Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

RN: Homem confessa ter premeditado assassinato da ex-namorada trans

Logotipo do(a) IstoÉ IstoÉ 15/05/2022 Da Redação
Imagem ilustrativa Pixabay © Pixabay Imagem ilustrativa Pixabay

Um homem, de 28 anos, foi preso no sábado (14) após ter confessado que premeditou o assassinato da ex-namorada Estefani Rodrigues Soares, 18, que era transgênero (pessoa que não se identifica com o seu gênero biológico). A Polícia Civil informou que a jovem foi morta a facadas em uma praça na rua Desembargador Carlos Augusto, Lagoa Nova, Natal (RN). As informações são do G1.

O delegado Adson Kleper comunicou que um motorista de aplicativo ouviu os gritos de socorro da jovem e depois a encontrou caída no chão. O homem tentou seguir o ex-namorado, mas ele conseguiu fugir.

A faca usada no crime foi deixada na praça.

Na sequência, a Polícia Militar foi acionada. Depois de buscas, os agentes conseguiram localizar o ex-namorado no bairro de Nova Descoberta.

Ele estava com um ferimento de corte na mão e, por isso, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Potengi, onde recebeu atendimento médico.

Após receber alta, o rapaz foi conduzido para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, localizada na zona norte de Natal.

Segundo o delegado Adson, o homem confessou que premeditou o crime. Ele disse que, em janeiro deste ano, teve um desentendimento com a vítima e foi esfaqueado.

O rapaz ressaltou que registrou o caso em uma delegacia, mas a investigação não avançou. Por isso, decidiu agir sozinho. Então, ela marcou um encontro com a jovem trans e a matou.

Mesmo com o relato de que o crime foi motivado por vingança, a polícia registrou o caso como feminicídio.

“É crime grave, hediondo, e por isso foi ele autuado em flagrante e vai responder pelo crime preso”, finalizou o delegado.

Mais de IstoÉ

image beaconimage beaconimage beacon