Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Bilionário faz primeiro voo ao espaço; veja vídeo

Logotipo do(a) Revista Planeta Revista Planeta 12/07/2021 RTP – Rádio e Televisão de Portugal | Via Agência Brasil
© Branson no voo: alvorada do turismo espacial. Crédito: Virgin Galactic

O bilionário Richard Branson foi, neste domingo (11 de julho), ao espaço a bordo da nave da sua empresa Virgin Galactic. A viagem durou cerca de uma hora e foi realizada com sucesso. Branson é o primeiro bilionário a inaugurar as viagens turísticas ao espaço.

No final da manhã de domingo (no horário de Brasília), o britânico Richard Branson partiu para o espaço a bordo da nave da sua empresa, Virgin Galactic. O SpaceShipTwo aterrissou no Novo México cerca de uma hora depois.

Branson, de 70 anos, dois pilotos e três especialistas da empresa Virgin Galactic atingiram uma altitude de cerca de 88 quilômetros. Viajaram na vertical a uma velocidade três vezes superior à do som, o que foi suficiente para conseguirem uns minutos de gravidade zero.

O lançamento do foguete VSS Unity foi, para a empresa, a quarta missão tripulada além da atmosfera terrestre, mas a primeira com passageiros.

Repetir vídeo
Crédito: Virgin Galactic Sonho realizado

Esse era um sonho para Branson, que é o primeiro milionário a tornar-se astronauta e a inaugurar viagens turísticas ao espaço. “Dezessete anos de trabalho árduo que nos trouxeram até aqui”, disse o empresário inglês.

Branson ganhou a corrida do seu rival Jeff Bezos, fundador da Amazon, que tem viagem marcada para o espaço daqui a nove dias, a bordo de um foguete da própria empresa, Blue Origin.

A presença de Richard Branson no voo inaugural é uma afirmação de confiança aos investidores e aos que já reservaram viagens espaciais. Branson afirmou várias vezes que o sucesso desta viagem inauguraria uma nova era nas viagens espaciais.

A empresa Virgin Galactic, inaugurada em 2004, está determinada a iniciar as viagens comerciais ao espaço no próximo ano. Centenas de pessoas já reservaram bilhetes, que custam cerca de US$ 250 mil.

Mais de Revista Planeta

image beaconimage beaconimage beacon