Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Bolsonaro diz que nunca defendeu intervenção militar

Logotipo do(a) Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 29/05/2018 Notícias Ao Minuto
Bolsonaro diz que nunca defendeu intervenção militar: Presidenciável também afirmou que greve dos caminhoneiros "chegou longe demais" © Adriano Machado / Reuters Presidenciável também afirmou que greve dos caminhoneiros "chegou longe demais"

O deputado e pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), disse em entrevista à rádio BandNews nesta terça-feira (29) que o movimento grevista protagonizado pelos caminhoneiros, que entra em seu 9º dia, já "chegou longe demais".

"Obviamente eu vinha apoiando, via redes sociais, o movimento deles. Ontem, eu fiz um vídeo que está dando o que falar, dizendo basicamente o seguinte: não podemos, ao querer eliminar o carrapato, matar a vaca. O movimento chegou longe demais, eu não estimulo mais essa corda esticar", afirmou ao âncora Ricardo Boechat. 

"Nós não podemos quebrar o Brasil para atingir uma classe política ineficiente. A minha classe política é um desastre, bem como o governo Temer está se mostrando um desastre. O 'Titanic' vai afundar", completou.

O deputado também afirmou que acompanha a situação dos caminhoneiros há dois anos. "Foram reuniões no Rio de Janeiro (RJ), em Gramado (RS) e Brasília (DF). Os problemas são muitos, não é apenas o preço do diesel na bomba. É a questão da indústria da multa, os pedágios abusivos, a questão do valor do frete, condições da estrada, roubo de cargas, entre outros. E o governo se tornou insensível no tocante a isso".

Sobre os movimentos que têm pedido intervenção militar, Bolsonaro destacou nunca ter apoiado a ideia. "Da minha parte, ninguém nunca ouviu eu falar de intenção militar. Eu entendo como um direito de expressão, eles podem requerer o que bem entenderem, estão aí representando muita gente que tem saudade dos valores daquela época, é um direito deles", disse o deputado, em entrevista a Ricardo Boechat.


Siga o MSN no Facebook

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon