Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

''Índio, se quiser garimpar na terra dele, poderá", diz Bolsonaro

Logotipo do(a) Correio Braziliense Correio Braziliense 02/08/2019 Thays Martins
© Facebook/ reprodução

Durante transmissão ao vivo no Facebook, nesta quinta-feira (1°/8), o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre a possibilidade de regulamentação de garimpo. Ele já havia mencionado o assunto ao comentar o pedido de ajuda dos indígenas da aldeia Wajãpi, no Amapá, após uma invasão em suas terras. De acordo com Bolsonaro, o governo deve enviar ao Congresso um projeto para que donos de terra possam fazer esse tipo de exploração. "Por que o nosso garimpeiro, de forma legal, não pode peneirar a terra em um lugar qualquer e tirar seu sustento?", questionou. 

O projeto, disse Bolsonaro, deve incluir também as terras indígenas. Mas a exploração, ressaltou, caberá aos próprios indígenas. "No que depender de mim, índio, se quiser garimpar na terra dele, poderá. Tudo é polêmica. Deixa o índio explorar a sua terra, se quiser plantar também que plante", completou. "O índio brasileiro, se depender dos ambientalistas, fica de cara para cima como se fosse um homem pré-histórico." 

Atualmente, a exploração de minérios é permitida desde que feita por cooperativas e que leve em conta a proteção do meio ambiente e a promoção econômica e social dos operários. Para justificar as mudanças na legislação, Bolsonaro citou a exportação do metal. Como exemplo, ele usou o roubo de um carregamento de ouro recentemente no Aeroporto de Guarulhos. “Essa empresa pega o ouro do Brasil, leva embora, pagando o que de imposto?”

________________________

Vídeo: Santos Cruz fala sobre declarações polêmicas de Bolsonaro (TV Cultura)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Correio Braziliense

Correio Braziliense
Correio Braziliense
image beaconimage beaconimage beacon