Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Fernández amplia vantagem sobre Macri e caminha pra vitória em 1º turno

Logotipo do(a) Poder360 Poder360 10/09/2019 Poder360
Alberto Fernández (esq.) e Mauricio Macri (dir.) lideram as intenções de voto na Argentina © Reprodução Alberto Fernández (esq.) e Mauricio Macri (dir.) lideram as intenções de voto na Argentina

Pesquisa da consultoria Ricardo Rouvier & Asociados mostra o peronista Augusto Fernández com 51,5% das intenções de voto para presidente na Argentina. O atual presidente, Mauricio Macri, tem 34,9%, uma desvantagem de 16,6 pontos percentuais.

O resultado intensifica a projeção de uma derrota de Macri já no 1º turno. Nas eleições argentinas, o candidato precisa de 45% para vencer sem a necessidade de 2º turno. Se obtiver pelo menos 40% e vantagem de mais de 10 p.p. sobre o 2º colocado, também é eleito.

A consultoria entrevistou 1.200 pessoas por telefone de 30 de agosto a 6 de setembro. O nível de confiança do levantamento é de 95,5% e a margem de erro é de 3,1 p.p, para mais ou para menos.

A possível vitória de Fernández também significa a volta do kirchnerismo ao poder no vizinho sul-americano. A vice na chapa é a ex-presidente Christina Kirchner, que comandou o país por 2 mandatos –de 2007 a 2015.

Antes dela, quem presidiu a nação argentina foi seu marido Nestor Kirchner, de 2003 a 2007. Nestor morreu em 2010.

Vídeo: Indicado para a PGR, Aras começa périplo no Senado (Estadão)

A SEGUIR
A SEGUIR

Mais de Poder360

image beaconimage beaconimage beacon