Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Maia arquiva pedido de impeachment contra vice-presidente Mourão

Logotipo do(a) Estadão Estadão 24/04/2019 Renato Onofre

O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de comemoração ao Dia do Exército, em Brasília. © Dida Sampaio / Estadão (17/04/19) O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de comemoração ao Dia do Exército, em Brasília.
BRASÍLIA - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), arquivou nesta quarta-feira, 24, o pedido de impeachment do vice-presidente Hamilton Mourão, protocolado na semana passada pelo deputado Pastor Marco Feliciano (Podemos-SP).

Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro pediu ao governo unidade, após militares terem demonstrado insatisfação ante as declarações do escritor Olavo de Carvalho e do filho Carlos Bolsonaro (PSC), vereador do Rio de Janeiro, contra Mourão e outros militares.

O pedido do vice-líder do governo no Congresso acusava o general da reserva de "conduta indecorosa, desonrosa e indigna" e de "conspirar" para conseguir o cargo de Jair Bolsonaro. Ao Estado, ele afirmou que teve anuência do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Um dos argumentos sustentados no pedido é uma "curtida" (like) da conta de Mourão no Twitter em uma publicação da jornalista Rachel Sheherazade, do SBT, aonde ela afirma que Mourão seria mais competente do que Bolsonaro.

Mourão se pronunciou sobre o assunto, classificando a solicitação como "bobagem" e brincou que, caso se concretizasse, ele "voltaria para a praia".

Vídeo: 'Criminoso': Moro e ex-premiê de Portugal trocam acusações (SIC Notícias)

Repetir vídeo
A SEGUIR
1
Cancelar
A SEGUIR
A SEGUIR

Quer receber as principais notícias do MSN Brasil pelo Facebook Messenger?
Inscreva-se agora.

Mais de Estadão

image beaconimage beaconimage beacon