Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

Amnistia Internacional pede a Maduro que aceite ajuda

O governo da Venezuela suspendeu as saídas de embarcações de todos os portos do país até 24 de fevereiro, ante a chegada de ajuda humanitária anunciada pelo líder opositor Juan Guaidó. Ainda nesta quarta-feira, a Amnistia Internacional pediu ao presidente Nicolás Maduro que não usasse a assistência ‘como ferramenta de negociação política’.
image beaconimage beaconimage beacon