Você está usando um navegador antigo. Por favor, utilize versão suportada para ter acesso às melhores funções do MSN.

'Não somos animais', dizem francesas presas na Síria

Elas fugiram do grupo Estado Islâmico (EI), que agoniza no leste da Síria, mais por fome do que por arrependimento: Chloé e Chaïma, duas francesas entrevistadas pela AFP, estão dispostas a voltar para seu país, mas sem sacrificar sua interpretação estrita do Islã e para serem julgadas de forma igualitária, não como "animais".
image beaconimage beaconimage beacon