Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

«Darwin é um jovem, mas não é de ferro e não sei se vou lançá-lo quinta»

Logótipo de MaisFutebol MaisFutebol 26/10/2020 David Marques
«Darwin é um jovem, mas não é de ferro e não sei se vou lançá-lo quinta» © Maisfutebol «Darwin é um jovem, mas não é de ferro e não sei se vou lançá-lo quinta»

Jorge Jesus, treinador do Benfica, em declarações aos jornalistas após a vitória sobre o Belenenses por 2-0 para a Liga:

«Cinco jogos, cinco vitórias e é uma entrada forte do Benfica. Agora, há que tentar dar continuidade ao nosso trabalho, sabendo que agora jogamos de três em três dias. E este foi o terceiro jogo consecutivo e alguns jogadores já começam a dar sinais de fadiga e agora vamos ter de começar a mexer mais na equipa. Já substituí três jogadores em relação ao último jogo.

[Mais sobre a fadiga]

«Isto para mim não é novidade nenhuma, é o que a gente quer.

Quando tens um jogador muito fatigado está a pô-lo no risco da lesão. E temos de saber trabalhar isso para que não sejamos surpreendidos, porque vai acontecer, não tenho dúvida nenhuma. Temos de saber gerir e o Benfica tem um plantel para isso e eu não me posso queixar. Se quiser mudar onze, jogam outros onze. E tenho a mesma confianças nesses que possam entrar, porque foi assim que foi criado este plantel.»

[Sobre Darwin e o entendimento dele com Waldschmidt e a necessidade de dar descanso ao uruguaio]

«O Darwin é um menino, tem 21 anos. E eu já estou a pensar no jogo de quinta-feira. Tem jogado sempre 90 minutos. Está bem que é jovem, mas não é de ferro e não sei se quinta-feira vou lançá-lo no jogo.

Não foi só Darwin e Luca Waldschmidt que começaram a jogar melhor. O Pizzi também fez com que a equipa tivesse mais bola. É um jogador de muito passe e a equipa começou a ter mais bola e a não ter de dividir tanto o jogo com o Belenenses.

É diferente jogar o Seferovic e o Darwin ou jogar o Luca e o Darwin. Pus o Seferovic porque o Belenenses joga com três jogadores ali e eu também precisava de dar descanso ao Luca, porque estou a pensar nele para quinta-feira. Foi esse o motivo, o Seferovic fez golo e cumpriu. Depois, quando foi preciso ter um jogador que tivesse mais bola, o Luca entrou e também fez a diferença.

O Luca põe o Darwin a jogar mais, é verdade.»

[Sobre a ausência de Gabriel e o regresso de Weigl ao onze]

«O Gabriel fez os 90 minutos nos últimos três jogos e vai jogar quinta-feira, não tenho dúvida nenhuma. Eu precisava de dar-lhe alguma folga, porque ele é um jogador muito intenso. É o mais intenso que o Benfica tem quando não temos bola. O Julian [Weigl] tem outras características, mais refinado tecnicamente no primeiro passe e poderia ser melhor. Fez um belíssimo jogo e foi por esse motivo. Não que ele estivesse a dar-me um sinal de fadiga muscular, mas fui ao encontro do facto de ele ter jogado 90 minutos nesses três jogos seguidos. Quinta-feira, se não acontecer nada, vai jogar. Com isto do covid, às vezes acontecem coisas de última hora.»

A SEGUIR
A SEGUIR
A SEGUIR
A SEGUIR
A SEGUIR
A SEGUIR
A SEGUIR
A SEGUIR
AdChoices
AdChoices

Mais de MaisFutebol

image beaconimage beaconimage beacon