Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Guerra sairá “muito cara” também à economia portuguesa, diz ministro da Defesa

Logótipo de ECO.PT ECO.PT 14/03/2022 Joana Abrantes Gomes
joão gomes cravinho © Swipe News, SA joão gomes cravinho O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, disse esta segunda-feira que a guerra na Ucrânia “sairá muito cara a todos”, incluindo à economia portuguesa. O governante respondia a uma questão dos jornalistas sobre a duplicação do pacote de armamento da União Europeia (UE) para a Ucrânia, afirmando que ainda “não há decisões concretas”.

Contudo, também esta segunda-feira, o ministro das Finanças, João Leão, garantiu que, apesar da “imprevisibilidade” causada pelo conflito e os efeitos na crise energética, a economia portuguesa irá registar um “crescimento bastante significativo” este ano. “Neste momento, estamos trabalhar num cenário base, que é também ao nível europeu e em Portugal, que ainda assenta numa recuperação significativa [da economia] este ano”, assegurou.

Falando aos jornalistas portugueses em Bruxelas, à entrada para uma reunião dos ministros das Finanças da UE, o responsável pela tutela salientou que, “mesmo que a economia tivesse momentos mais difíceis este ano, em que não houvesse grande crescimento em cadeia, Portugal tem um impulso que vem da forte recuperação do final do ano passado e que permite, mesmo num cenário mais adverso, admitir um crescimento bastante significativo”.

]]>
AdChoices
AdChoices

Mais de Eco.pt

image beaconimage beaconimage beacon