Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Incêndio destrói parte do arquivo clínico do maior hospital moçambicano

Logótipo de Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto 02/05/2020 Lusa

Um incêndio destruiu hoje parte do arquivo clínico do Hospital Central de Maputo, o maior de Moçambique, disse hoje à Lusa fonte oficial.

Um incêndio destruiu hoje parte do arquivo clínico do Hospital Central de Maputo, o maior de Moçambique, disse hoje à Lusa fonte oficial. © Lusa Um incêndio destruiu hoje parte do arquivo clínico do Hospital Central de Maputo, o maior de Moçambique, disse hoje à Lusa fonte oficial.

O incêndio, que deflagrou por volta das 03:00 da madrugada de hoje, destruiu perto de 500 processos e só foi controlado seis horas depois por uma equipa de bombeiros.

"Os processos destruídos não são atuais. Tratavam-se de processos de há mais de 10 anos", observou a fonte do departamento de comunicação do Hospital Central de Maputo, acrescentando que não houve vítimas mortais nem feridos.

Uma equipa foi criada para averiguar a causa do incêndio, que, além de processos de pacientes, também destruiu móveis, estando os danos ainda por avaliar.

O Hospital Central de Maputo é o maior do país, contando com sete departamentos clínicos e atendendo, em média, por dia, 900 utentes.

Devido à pandemia da covid-19, o hospital está a privilegiar consultas externas, estando a receber atualmente, em média, entre 300 e 400 pessoas.

  

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas 2019 para Imprensa Online. Descarregue a nossa App gratuita para iOS e Android

AdChoices
AdChoices

Mais do Notícias ao Minuto

image beaconimage beaconimage beacon