Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Crise energética chegou ao fim

António Costa afirmou no final da reunião na ENSE que o Conselho de Ministros eletrónico estará reunido ainda esta manhã onde será proposto o fim da declaração de crise energética para as 24 horas de hoje. "A avaliação que é feita neste momento diz-nos o seguinte", disse o primeiro-ministro. "Levaremos dois a três dias a ter uma normalidade plena no abastecimento. Contudo, tendo começado hoje perfeitamente normal o dia de trabalho, estamos em condições de reunir o Conselho de Ministros eletrónico às nove da manhã para propor três coisas: o fim da declaração a crise energética para as 24 horas de hoje; segundo, terminar a partir das 10h00 com a rede REPA exclusiva, o que significa que todos os postos REPA poderão começar já a vender combustível aos consumidores em geral; em terceiro elevar para 25 o limite dos litros que podem ser vendidos na rede REPA ao longo de todo o dia de hoje." António Costa visita esta segunda-feira de manhã a ENSE - Entidade Nacional para o Setor Energético, de onde vai avaliar as condições para declarar o fim da crise energética e convocar um Conselho de Ministros eletrónico para o efeito.
image beaconimage beaconimage beacon