Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Forças Armadas do Brasil avançam sobre a Amazónia

Jair Bolsonaro aprovou o decreto que autoriza os militares a combaterem os incêndios, mediante o pedido dos Governadores dos Estados. O decreto, publicado, ontem, em Diário da República, é válido até 24 de setembro e foi publicado após a reunião de Jair Bolsonaro com os Ministros em Brasília. O documento "autoriza o uso das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem e para ações subsidiárias nas áreas de fronteira, nas terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental e noutras áreas da Amazónia". Os fogos na floresta Amazónica estão na ordem do debate político. A União Europeia ameaça suspender o Brasil do acordo comercial com o Mercosul. Os Governos da França e da Irlanda admitem não ratificar o Acordo de Livre Comércio. Jair Bolsonaro volta a dizer que a questão dos incêndios está a ser instrumentalizada por razões políticas.
image beaconimage beaconimage beacon