Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Saúde. Estudo europeu confirma que abuso de ecrãs dificulta sono de crianças e adolescentes

A Sociedade Europeia de Endocrinologia chegou à conclusão que as crianças e adolescentes podem dormir melhor, se à noite passarem menos tempo frentes aos ecrãs. O estudo conclui que a luz azul emitida pelos ecrãs de smarphones, tablets e computadores pode afetar a produção da melatonina, hormona do sono. Em média, os jovens que passam mais de quatro horas por dia frente aos ecrãs adormecem meia hora mais tarde. O Psiquiatra João Reis foi o convidado do Bom Dia Portugal e explicou que no mínimo são necessárias seis horas de sono para recuperar o equilíbrio psíquico e físico das pessoas, sendo o ideal mais de sete horas.

A SEGUIR

A SEGUIR

Mais Vídeos

Desporto

SIC Notícias

RTP

image beaconimage beaconimage beacon